Sem muita pesquisa, recordo dos diferentes abrigos nos pontos de ônibus adotados pelas últimas administrações. Teve um modelo, que mais parecia uma barraca de vender frutas na beira da estrada.

Fonte: Milton Barão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *