Fernando Coruja deixar o MDB e ingressar no Podemos, partido que também é integrado por Álvaro Dias, que deve concorrer à Presidência da República. O projeto era colocar Coruja como candidato ao Senado em Santa Catarina.

Coruja admite que é desafiadora a missão de buscar uma das vagas ao Senado. Mas tem ao seu favor o histórico de independência em termos de atuação e conhecimento de parlamento (ele foi deputado federal por três mandatos). “Vamos trabalhar agora para ver composições e levar adiante esse desafio”.

Fonte: edsonvarela.com.br/Foto: alesc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *