Escolas municipais cumprirão expediente duas vezes na semana, mesmo sem o retorno das aulas presenciais

Permanecerão nas escolas profissionais como professores, serviços gerais e cozinheiras, para a continuidade da entrega de sugestões de atividades, organização de materiais, planejamento, registros de avaliações, entre outras demandas

A Secretaria da Educação de Lages, cumprindo com a sua responsabilidade de assegurar o ano de letivo das crianças e estudantes do Sistema Municipal da Educação, bem como zelar pelo direito à vida e à segurança dos seus profissionais, servidores públicos e comunidade escolar em geral, comunica alguns encaminhamentos a serem intensificados nesta pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). A partir desta terça-feira (22 de setembro), todas as unidades de ensino contarão com uma nova organização das atividades, primando pela qualidade da educação pública municipal. As aulas ainda não têm data definida para seu retorno.

Dessa forma, devem permanecer nas escolas todos os profissionais, sejam professores, serviços gerais e cozinheiras, para a continuidade da entrega de sugestões de atividades de forma quinzenal, alternando com a organização de materiais, planejamento, registros de avaliações descritivas e quantitativas, entre outras demandas.

Os profissionais cumprirão expediente, tanto no atendimento como na organização das atividades, duas vezes na semana, sendo nas terças e quintas-feiras, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. Fica sob a responsabilidade da direção de cada escola organizar os dias e horários dos profissionais, todas as semanas.

A medida foi tomada levando em consideração o mapa de risco que orienta as ações da gestão pública na contenção da contaminação pelo vírus da Covid-19, que começa a apresentar um quadro de estabilização, modificando o cenário epidemiológico de ascensão para estabilidade e regressão, entretanto, ainda sugere que o isolamento social é necessário para diminuir a curva de transmissão.

Também considera que permanecem as entregas das sugestões de atividades impressas e on-line, assim como dos kits emergenciais de alimentação escolar em todas as unidades de ensino do Sistema Municipal. “O mês de setembro até o final do ano de 2020 será dedicado para acompanhar e identificar processos de aprendizagem individual de todas as crianças e estudantes, a fim de fechar o ano letivo, considerando que a recuperação da aprendizagem dos conhecimentos mínimos é direito assegurado ao estudante e indispensável para a continuidade da escolarização em todas as etapas e componentes do currículo”, comenta a secretária da Educação, Ivana Michaltchuk.

Matrículas e Rematrículas

O cronograma de matrículas e rematrículas para o ano letivo de 2021 encontra-se em elaboração e em breve será divulgado para toda a comunidade. “Há um aumento na procura, por parte da comunidade em geral, por informações relacionadas às matrículas para o novo ano letivo, assim como a necessidade de realizar transferências e cadastros na lista de espera. A realização da matrícula continua sendo obrigatória, mesmo com toda a situação de pandemia”, informa Ivana.

Deverão ser fixados cartazes informativos, visíveis, em todas as unidades de ensino para que as pessoas da comunidade em geral estejam informadas sobre os dois dias e horários de atendimento nas escolas, assim como informações sobre as matrículas.

Texto: Aline Tives / Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *