O jogo entre Inter de Lages e Joinville gerou polêmica na atuação da arbitragem

O árbitro Edson da Silva expulsou técnico Rodrigo Fonseca por reclamação, Fernando Belém pelo mesmo motivo, incluindo a presidência do Inter de Lages por invasão ao gramado.

 O capitão do Inter de Lages recebeu o cartão vermelho no final da partida por reclamação. Segundo o tio do apito, e anotado em súmula, chamou ele de ignorante. “Tu é um ignorante, ninguém pode falar contigo” disse Fernando Belém.

O técnico Rodrigo Fonseca foi expulso aos 43 minutos do segundo tempo. A expulsão se deu pelo fato de ter ouvindo Rodrigo proferir palavras contra arbitragem.

O presidente do Inter de Lages Christopher Nunes e o coordenador de futebol Leandro Niehues, foram relacionados em súmula. O Árbitro, relatou a invasão dos dois no final de jogo.

Suspenção automática

O técnico Rodrigo Fonseca fica fora na partida de segunda-feira (12), contra o Hercílio Luz, e vai a julgamento. Em seu lugar o auxiliar técnico Juninho Chicchinato comando a equipe.

Fernando Belém cumpre uma partida automática. Como já foi expulso no turno contra o Joinville, e foi julgado e inocentado, pelo fato de ser reincidente, a vida do atleta fica um pouco complicado no tribunal de justiça desportiva de Santa Catarina (TJD-SC).

 

Árbitro Edson da Silva no campeonato catarinense 2017, foi afastado na terceira rodada. Edson anulou o gol do tubarão contra o Avaí na Ressacada.

Entrevista à rádio CBN o procurador jurídico da federação catarinense de futebol (FCF), Rodrigo Capella, afirmou naquela ocasião o afastamento de Edson da Silva e André Luiz Bacci.

Ouça a entrevista:

Pablo de Mello – pablo.mello3@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *