Prefeitura alerta população sobre os perigos de subir no elevado onde passa o trem, na Coxilha Rica

“A Coxilha Rica é muito bonita, com um patrimônio histórico cultural e natural muito grande, e atrai os olhares de todos, mas neste momento o que pedimos é precaução” – Antonio Ceron

Mesmo com as restrições impostas devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e com as frequentes fiscalizações da Forças de Segurança, muitas pessoas estão frequentando a Coxilha Rica, causando aglomerações principalmente no elevado por onde passa o trem, popularmente conhecido como viaduto dos tatetos, localizado na estrada nova na divisa entre Lages e Capão Alto.

Além dos protocolos de segurança sanitária, também tem o perigo iminente de acontecer um acidente, como por exemplo: queda de uma criança ou até mesmo de adulto. Outra questão é um possível acidente com o trem que passa no local. O executivo Turismo, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Luís Carlos Pinheiro Filho, faz o alerta para que as pessoas deixem de frequentar este local em específico. “Ali tem um risco enorme para as pessoas, pois se trata de uma estrutura bem alta, sem qualquer equipamento de segurança. Também temos o trem, que não avisa os horários de sua passagem. Inclusive a Rumo Logística, concessionária da rede ferroviária já mandou um ofício para a Prefeitura, externando essa preocupação com esta questão e pedindo para que os gestores tomassem providências no sentido de alertar a população”, comenta Pinheiro.

O prefeito Antonio Ceron também pede bom senso dos visitantes e turistas, para que estejam atentos a essas questões de segurança. “A Coxilha Rica é muito bonita, com um patrimônio histórico cultural e natural muito grande, e atrai os olhares de todos, mas neste momento o que pedimos é precaução”, salienta e chefe do Executivo.  

Texto: Aline Tives

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *