Tecnologia reduz em 50% o tempo de processos na 4ª Vara Cível da comarca de Lages

A 4ª Vara Cível da comarca de Lages conquistou a condição de unidade 100% digital. Uma parcela dos 2.435 processos em andamento na unidade, que ainda fazia parte do acervo de processos físicos, foi completamente digitalizada nesta semana. Além disso, houve a migração do sistema SAJ para o eproc. A comarca de Lages, na soma de suas 12 unidades, chega à marca de 92% digital. Com a virtualização dos acervos, o tempo de tramitação dos processos reduziu sensivelmente.

 

Os servidores que exerceram atividade em home office ficaram responsáveis pelas categorizações das peças processuais, enquanto os demais realizaram a digitalização dos processos e a migração para o sistema eproc. Com a suspensão temporária dos prazos processuais e do atendimento externo, a equipe trabalhou de forma coordenada para colocar a unidade em dia.

 

Com esse feito, todos os processos da unidade já estão no eproc. São inúmeros os mecanismos disponibilizados pelo sistema aos magistrados, servidores, advogados, partes e auxiliares da Justiça que fazem com que as demandas do Poder Judiciário sejam processadas e sentenciadas o mais breve possível, além de auxiliar na otimização de sua tramitação. O sistema disponibiliza, por exemplo, automatizações que possibilitam que os processos tramitem na unidade de forma autônoma e sem que necessitem de supervisão permanente dos servidores.

 

A equipe do cartório é coordenada pela servidora Ivonete Gomes da Silva, que contou com a colaboração dos colegas Luiz Fabian Lisboa Almeida, João Vitor Ribas, Marceli Hidelbrando, Jaqueline Lima Alves e Sérgio Boscato. A administradora judicial Mara Poffo Wilhelm também auxiliou na digitalização de uma volumosa recuperação judicial.

 

Taina Borges – NCI/TJSC – Serra e Meio-Oeste 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *