Avisa aí, o futebol é coletivo!

O momento do time da serra catarinense é de ressurgimento, novas proposta de administração vem sendo feita, com um grupo consultivo. Esforços fora das quatro linhas é grande. Dentro de campo o futebol tem que acontecer. Um fator importantíssimo para dar certo, é o coletivo. Até hoje não vi na história do futebol mundial, comentar que um atleta só, fez o seu clube vencer.

Podemos citar até grandes atletas como: Garrincha, Pelé, Romário, Ronaldo e muitos outros… Todos esses jogadores puderam contar com um grupo unido e atentos em suas posições. Para dar certo um lance de gol, a defesa fez o seu papel, os meias de criação seguiram o esquema tático montado pelo seu treinador. O camisa nove tem o dever de estufar as redes, mas quando isso não acontece, ao seu lado sempre vai estar seus companheiros de ataque.

O que faltou no Inter de Lages na noite de quinta-feira (27), foi acreditar no coletivo. Não posso dizer que o leão baio é ruim, péssimo porque não é! Temos um grupo que pode sim, chegar à final da copinha. Só precisa jogar mais no coletivo. O Inter deixou escapar um ponto, aos 47 do segundo tempo. Tudo estava certo para um empate, cruzamento no pico da pequena área, o lateral do Inter, mesmo colado no garoto Fio, deixou cabecear, a bola foi lá onde a coruja dorme. Final de partida Inter de Lages 0x1 Atlético Tubarão.

Esse resultado deixa o leão baio na quinta posição com três pontos. O time volta a jogar no domingo (30), contra o líder da chave “B”, Brusque no estádio Augusto Bauer às 15hs 30min. O colorado Lageano, foi o único mandante que não venceu na terceira rodada.

Chave A

Figueirense 1×0. Metropolitano

Hercílio Luz 3×0 Fluminense

Joinville 2×1 Bec

Chave B

Almirante Barroso 6×1 Operário de Mafra

Brusque 2×1 Marcílio Dias

Inter de Lages 0x1 Atlético Tubarão

 

Por Pablo de Mello / Foto: www.catubarao.com.b

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *